Suspeito de matar ex após sair de presídio no Dia das Mães é preso

Jovem disse que estava lavando a moto na hora do crime, em Porto Velho.
Vítima foi morta com um tiro na cabeça ao sair para comprar remédio.

img_0648

O jovem de 20 anos suspeito de ter assassinado a ex namorada a tiro em um mirante de Porto Vellho, foi preso durante a tarde desta sexta-feira (27) em um lava-jato da capital. Conforme a Polícia Militar, Raymisson Vieira cometeu o crime após sair do presídio para o Dia das Mães. A vítima foi morta com um tiro na cabeça após sair de casa para comprar um remédio.

Após ser preso nesta sexta-feira, o suspeito, Raymisson Maick Vieira, disse na Central de Polícia que não tem nenhum envolvimento com o assassinato da ex. Em entrevista à imprensa, ele alegou que estava em uma oficina lavando a moto quando soube que a mulher tinha sido assassinada. “Está sobrando pra mim, pois quando a gente estava namorando eu fui preso pela Maria da Penha”, afirma.

Após ser ouvido, o jovem permaneceu preso na Central de Polícia e deve ficar à disposição da Justiça.

Caso
Segundo a PM, o crime aconteceu no dia 13 de maio, uma sexta-feira. A vítima, de 24 anos, havia

Sangue marcou o local onde a vítima caiu depois de ser baleada na cabeça (Foto: Matheus Henrique/G1)
Local onde vítima foi morta, em Porto Velho (Foto: Matheus Henrique/G1)

saído de casa para comprar remédio.  Logo depois a central recebeu uma  denúncia de disparo de arma de fogo no antigo Mirante III, na Rua Herbert Azevedo, Bairro Arigolândia. Ao chegar no local, os policiais encontraram a jovem caída no chão, com um tiro na cabeça.

 

 

 

 

 

 

Fonte: G1

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here