Policiais militares e civis estão cumprindo, na manhã desta segunda-feira (22), 28 mandados de prisão e sete de busca e apreensão através da Operação Batismo. A ação está sendo feita em Rolim de Moura (RO) e Cacoal (RO) com objetivo de investigar pessoas ligadas ao tráfico de drogas e crimes contra o patrimônio, como roubos e furtos em toda a região de Rolim de Moura.

A operação teve início no começo de 2018. O delegado regional Alexandre Baccarini explica que membros de uma facção criminosa comandavam os crimes de dentro dos presídios e esse é o motivo da maioria dos mandados cumpridos nas unidades prisionais da região.

Estão sendo cumpridos 11 mandados de prisão e 14 de buscas em celas da penitenciária regional de Rolim de Moura. Já no presídio semiaberto da cidade são quatro mandados de busca e apreensão e, na Casa de Detenção, há dois mandados de busca e apreensão e dois de prisão.

Sete mandados de busca e apreensão também serão cumpridos em residências da cidade, além de dois mandados de prisão em Alvorada D’Oeste (RO) e Ji-Paraná (RO).

Trabalham na operação 50 policiais civis, entre delegados e agentes, e 60 policiais militares, sendo divididos em duas equipes do canil de Cacoal e São Miguel do Guaporé.

Segundo a Polícia Civil, membros de uma facção criminosa nacional comandavam os crimes de dentro dos presídios. Eles contavam com um representante dentro de uma unidade prisional em Rolim de Moura, sobre a chefia de um outro participante da mesma organização, que está detido em Porto Velho.

Ainda conforme a corporação, os criminosos davam ordens à outros integrantes da facção com auxílio de parentes de fora das penitenciárias. Eles praticavam crimes como roubos de veículos, que eram levados à Bolívia e trocados em droga.

Operação Batismo acontece nesta segunda, em Rondônia — Foto: Nelson Lima/Arquivo Pessoal
Operação Batismo acontece nesta segunda, em Rondônia — Foto: Nelson Lima/Arquivo Pessoal

Operação Batismo

O delegado Baccarini explica que o nome da operação foi escolhido, pois quando as investigações foram iniciadas, havia movimentação para ‘batizar’ novos integrantes para compor a facção criminosa.

A operação segue sendo realizada ao longo do dia. às 10h o delegado regional, o diretor de polícia do interior, delegado Arismar Araújo e o comandante do 4º Batalhão da PM, vão dar entrevista coletiva na sede da Delegacia Regional.


Fonte: G1

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here