Magazine Luiza, Amazon e B2W (controladora da Americanas, Submarino e Shoptime), ficaram para trás. As empresas foram superadas pela plataforma de comércio eletrônico de Singapura Shopee, que faz parte do grupo Sea. O aplicativo obteve um crescimento meteórico em apenas 12 meses e já bateu os principais concorrentes.

Os dados são da Sensor Tower e organizados pelo Bank of America Global Research (BofA), que calculou o número de engajamento por meio de usuários ativos nos aplicativos.

Em setembro, a base de usuários ativos mensais da Shopee no Brasil totalizou 42,5 milhões, ou cerca de 9 vezes a da gigante Amazon.

O relatório explica que essa ascensão é resultado do forte avanço do comércio eletrônico internacional no Brasil, que cresceu 67% em 2019 (e chegou a 76% no ano passado), já que os Correios brasileiro e os Correios da China permitiram que terceiros atendessem cargas de longa distância no Brasil, reduzindo drasticamente o tempo de envio.

O BofA lembra, contudo, que o rápido crescimento está gerando preocupação entre grupos da indústria, reguladores e agentes da lei. “À medida que o comércio transfronteiriço cresce, prevemos uma oposição maior e mais organizada de grupos comerciais e agências governamentais” avalia.



Fonte: Revista Oeste

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here