“Caixa eletrônico” fornece água limpa em vez de dinheiro

pop-cidadania-caixa-eletronico-fornece-agua-limpa-em-vez-de-dinheiro1

Quando a empresa de engenharia hídrica holandesa Grundfos começou a pesquisar as melhores maneiras de distribuir água em Nairobi, no Quênia, descobriram que o acesso ao recurso potável não era o verdadeiro problema da região. Na maioria das comunidades, as pessoas poderiam recorrer às torneiras centrais e pagar uma taxa para a captação subterrânea. Mas, fora o valor abusivo pago por eles, outra questão era o recolhimento do dinheiro para destiná-lo de volta aos investimentos de tratamento.

pop-cidadania-caixa-eletronico-fornece-agua-limpa-em-vez-de-dinheiro2

Para solucionar a questão de distribuição do recurso hídrico e ao mesmo tempo criar renda para a comunidade local, a empresa desenvolveu o AQtap. Uma máquina que funciona como um “caixa eletrônico”, mas que fornece água. De acordo com o site Fast Company, os usuários recebem uma espécie de cartão de crédito que, ao ser inserido no equipamento, permite que eles escolham a quantidade desejada. Cerca de 20 litros são fornecidos por 0,5 xelins quenianos, valor equivalente a dois centavos de real. Em outros sistemas da cidade, os moradores compram a mesma quantidade por 50 xelins.

pop-cidadania-caixa-eletronico-fornece-agua-limpa-em-vez-de-dinheiro3-1024x679

“O dinheiro que eles depositam no AQtap é arrecadado para manter o próprio sistema, tudo é investido para melhorar a qualidade de abastecimento para a população”, contou o representante da empresa, Jesper Ravn Lorenazen, em entrevista ao site Fast Companhy. Além disso, o dispositivo também é capaz de coletar dados sobre quantas vezes as máquinas são utilizadas, para que o dinheiro seja distribuído nos locais de maior demanda.

pop-cidadania-caixa-eletronico-fornece-agua-limpa-em-vez-de-dinheiro4
Os usuários só precisam inserir um cartão para liberar a quantidade desejada de água a ser captada. Cerca de 20 litros são comprados por 0,5 xelins quenianos, o equivalente a dois centavos de real. (Foto: Divulgação/ Grundfos)

O projeto ainda está em sua fase piloto e conta com o apoio do governo local. Mas a ideia já está atraindo autoridades de outros países africanos e asiáticos, como a Tailândia, por exemplo, onde algumas AQtap vão começar a ser implantadas.

 

 

Fonte:Pop

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here