Viúva e amante são presos acusados de matar pastor dentro de Igreja

viuva-e-amante-sao-presos-acusados-de-matar-pastor-dentro-de-igreja489x346_07771aicitono_1a90hmttb502ohe1ia5t58hsfbA Polícia Civil sob o comando do Delegado, Luis Carlos Hora da primeira delegacia (primeiro distrito), apresentou na tarde desta quarta-feira (13) a imprensa de Ji-Paraná o casal, Erasmo Santana de Almeida (53 anos) e Márcia de Almeida Lopes de Oliveira (38), como os principais suspeitos de ter arquitetado e matado o pastor da igreja evangélica Batista Peniel, Expedito Evangelista Oliveira no interior da própria congregação, localizada no bairro Presidencial do primeiro distrito, na noite do dia 11 de outubro do ano passado. Márcia era esposa da vítima e disse não ter ouvido qualquer ‘barulho’ durante a noite do crime.

De acordo com o delegado o casal, Erasmo Santan e Márcia de Almeira mantem um relacionamento há mais de seis meses, e muito provavelmente tenha sido este o motivo do crime. Alguns dias após fato, Márcia de Almeida foi residir em Rolim de Moura, cidade em que foi presa nesta quarta-feira.

Durante coletiva, Luis Carlos Horas garantiu que as provas coletadas, e as contradições nos depoimentos, durante as investigações apontam o casal como os autores do assassinato do evangélico. A prisão dos dois é de caráter provisória.

 

Fonte: Central Rondônia

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here