Uma em quatro mortes é relacionada a questões ambientais

Os problemas ambientais enfrentado pelo planeta prejudicam a saúde não apenas da natureza como também dos seres humanos. Um estudo conduzido dela Organização Mundial da Saúde (OMS) revela que praticamente uma a cada quatro mortes está ligada a causas do meio ambiente, sendo, portanto, evitável. O novo relatório da agência é a primeira avaliação global dos riscos ambientais para a saúde humana desde 2006.1uma-em-quatro-mortes-e-relacionada-a-questoes-ambientais

O documento conclui que aproximadamente 12,6 milhões de pessoas morrem a cada ano de doenças e complicações relacionadas a riscos ambientais. O aumento na poluição do ar, bem como as alterações climáticas e exposição a substâncias químicas, contribuem para as mortes que a OMS diz que poderiam ser evitadas. Anualmente, 54,7 milhões de pessoas morrem no mundo, e cerca de 23% delas padecem de questões ligadas ao ambiente, como derrame, doença cardíaca e câncer.

 

“Um ambiente saudável sustenta uma população saudável. Se os países não tomarem medidas para tornarem saudáveis os ambientes onde as pessoas vivem e trabalham, milhões de pessoas continuarão a ficar doentes e morrer muito jovem.”

2uma-em-quatro-mortes-e-relacionada-a-questoes-ambientais

A fala acima é da diretora-geral da OMS, Margaret Chan, em um comunicado. As mortes ligadas à pobreza e ao subdesenvolvimento urbano também estão em ascensão, de acordo com o relatório. Um dos perigos é o aumento da exposição à poluição do ar, que ameaça em especial as crianças. “A queda na qualidade do ar têm sido observada em muitas cidades de baixa e média renda em todo o mundo nos últimos anos”, alerta o relatório.

Imagens: iStock

 

Fonte: POP

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here