Delegacia de Buritis irá investigar o caso (Foto: Fernando Moreira/Buritis News)

m homem de 66 anos foi assassinado com golpes de faca na última quarta-feira (3) em uma residência localizada no Setor 6, em Buritis (RO), na região do Vale do Jamari. De acordo com a Polícia Civil (PC), o autor do crime teria sido o próprio sobrinho da vítima, de 22 anos, após o tio chegar no imóvel, entrar em uma discussão com uma sobrinha por conta de uma herança familiar e desferir um golpe de faca contra ela. O jovem, para defender a irmã, desarmou o tio e o esfaqueou.

O suspeito foi encaminhado ao Centro de Ressocialização Jonas Ferreti e o caso será investigado. Ao G1, o delegado responsável pelo caso, Nick Locatelli, informou que o jovem foi preso em flagrante no local pela Polícia Militar (PM), durante o depoimento ele alegou ter desferido três golpes de faca contra a vítima e ter cometido o homicídio por legítima defesa para defender a irmã.

“A vítima chegou na residência já em estado alterado e iniciou uma discussão com a sobrinha por conta de uma herança a ser recebida e no meio da briga ele se apossou de uma faca e desferiu uma facada na região do braço dela. Ao ver a briga e a irmã ferida, o jovem pegou uma cadeira e foi em direção ao tio para dar fim a discussão, onde posteriormente, ele conseguiu desarmá-lo e desferiu os golpes de faca na vítima, que morreu no local”, relata o delegado.

O Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) foi solicitado para prestar os primeiros socorros à mulher esfaqueada e posteriormente ela foi encaminhada até o Hospital Municipal de Buritis para receber atendimento médico. Segundo o delegado, a jovem não corre risco de morte e foi liberado momentos depois de ser medicada.

A polícia isolou o local do crime até a chegada da perícia técnica e após os trabalhos que devem auxiliar nas investigações, o corpo da vítima foi encaminhado até o Instituto Médico Legal (IML) de Ariquemes. O homicídio foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Buritis e está sendo investigado.

 

“Já ouvimos todas as partes e o infrator relatou que desferiu apenas três facadas em seu tio, mas isso será constatado após o laudo do exame tanatoscópico do IML. O jovem foi encaminhado ao presídio do município e na sexta-feira (5) ocorrerá a audiência de custódia, na qual o juiz decidirá se ele permanecerá preso ou se poderá responder pelo inquérito policial em liberdade”, finaliza Nick Locatelli.


Fonte: G1

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here