Rússia anuncia duas vacinas contra o ebola

Além de neutralizar o vírus em 100%, um dos medicamentos foi criado especialmente para portadores do HIV.

ebola-morgana_wingard_usaid

Depois de o mundo viver uma situação de pânico devido à epidemia do ebola, a cura parece estar mais próxima. O presidente da Rússia, Vladimir Putin, anunciou que o país registrou duas vacinas contra o vírus.

Até o momento, só havia vacinas experimentais, que ainda estavam em fase de testes. Segundo o governo russo, já existem pedidos do medicamento para as zonas de risco.

Vacina contra o ebola

O anúncio foi feito por Putin durante um conselho de ministros em Moscou. “Temos uma boa notícia. Registramos uma cura contra a febre ebola que (…) se revelou muito eficaz, mais eficaz até mesmo que os tratamentos usados até agora em todo o mundo”, declarou.

Uma das vacinas patenteadas pelo país foi formulada especificamente para pessoas com ovírus HIV. Esse tipo visa a multiplicar por 35 a imunidade celular. Já a outra permite neutralizar em 100% o vírus ebola. Segundo a ministra da saúde da Rússia, Veronika Skvortsova, é um medicamento único, “sem nada parecido em qualquer outro lugar”.

A ministra revelou, ainda, que a Guiné, um dos locais mais acometidos pela epidemia, já encomendou as vacinas russas para o próximo mês. Ela também garantiu que a Rússia já está preparada para atender essas demandas.

A primeira notícia de possíveis vacinas contra a doença foi dada em outubro de 2014 pelo governo russo, mas elas ainda precisavam ser testadas.

 

Fonte: vivomaissaudavel

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here