Rick diz que cancelou show em RO por estrutura: ‘cantaria até para 10 fãs’

Organização alega que cantor teria se recusado a cantar para 78 pessoas.
Segundo sertanejo, local estava com problemas na iluminação e som.

img_6510

O cantor Rick, que fazia dupla com Renner, negou nesta terça-feira (15) que tenha se recusado acantar para os 78 fãs que estavam em um clube de Guajará-Mirim (RO), na segunda-feira (14). De acordo com o artista, a apresentação não foi cancelada por causa do baixo púbico presente no local, mas porque não houve condições estruturais por parte da organização para fazer o show. “Eu cantaria até para dez fãs”, diz. Na segunda, a organizadora diz pagou pelo cachê, mas o cantor não quis subir ao palco. O G1 tentou entrar com a organização do evento novamente nesta terça, mas não obteve sucesso até a publicação desta reportagem.

Em entrevista ao G1, o artista diz que nunca deixou de fazer um show por causa de baixo público e que no palco houve problemas com a iluminação e som. “Estou há 30 anos nessa estrada. Se eu fosse um cara que não fizesse a coisa certa já teria parado. Duvido que algum artista tenha esse tipo de contrato. A gente exige o mínimo de condições para realizar o show e naquele momento não me deram condições, por isso minha produção decidiu cancelar a apresentação. Eu exijo que o contrato seja cumprido porque cumpro minha parte”, disse Rick.

Show estava previsto para acontecer em clube de Guajará-Mirim (Foto: Júnio Freitas/ G1)
Show estava previsto para acontecer em clube de Guajará-Mirim (Foto: Júnio Freitas/ G1)

Após o cancelamento da apresentação de Rick, houve tumulto e alguns fãs revoltados quiseram o reembolso à força. Uma funcionária chegou a ser agredida por um pagante e a Polícia Militar (PM) foi chamada no local. Todas as 78 pessoas que compraram ingressos foram ressarcidas. Segundo a promoter Lohanna Kawasaki, organizadora do evento, o prejuízo com a não realização do show foi de R$ 40 mil.

Na ocasião, a promoter relatou que a estimativa inicial de público  para o show de Rick era de 500 pessoas. Após uma hora e meia do horário previsto do show, apenas 78 pessoas compareceram no local.

Lohanna informou também que iria registrar um boletim de ocorrência, pois quer ir atrás de seus direitos na Justiça. “Eu até entendo o lado do cantor, mas me senti lesada por ele não ter subido ao palco sendo que o cachê já estava pago. Vou consultar meus advogados e ver como ficará a situação”, declarou.

Contrato
Nesta terça-feira, o sertanejo explicou também que não possui contrato com a promoter, mas sim com um empresário que repassa os shows para outros contratantes da região. “A organização em Guajará-Mirim chegou a dizer que compreendia meu lado e que ela também achava que naquela situação não havia como realizar o show. Depois é fácil ir à mídia e falar um monte de coisa. Nunca deixei de cantar em lugar nenhum. Cantaria até para dez fãs. Não seria aqui que iria fazer isso”, comentou.

Aos fãs, o cantor deixou um recado pedindo confiança e dizendo que o trabalho irá continuar. “Confiem em mim, pois ao longo desses anos eu fiz o máximo que eu pude dentro das minhas condições para ser profissional. Quem realmente é fã e conhece não vai acreditar nessa história. Vou continuar fazendo o que sempre fiz, que é cantar independente de qualquer coisa”, finalizou.

Rick e a produção ficam em Guajará-Mirim até quarta-feira (16). Conforme agenda disponível no site oficial do cantor, Rick deve fazer mais quatro shows em Rondônia. Na quinta-feira (17) e sexta-feira (18) a apresentação será em Buritis (RO). No sábado (19) Rick canta em Machadinho D’Oeste (RO) e no domingo (20) em Rolim de Moura (RO).

Posicionamento
O G1 entrou em contato com a organização do show para verificar sobre as questões estruturais do palco, relatadas por Rick, mas não obteve retorno até a publicação da reportagem.

 

 

Fonte: G1

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here