Professor é agredido na França por homem que citou o Estado Islâmico

Vítima foi atingida com objeto de corte e tesouras em sua sala de aula.
Caso aconteceu em Aubervilliers; agressor fugiu.

aubervilliers

Um professor foi agredido nesta segunda-feira (14) com um objeto de corte e tesouras em sua sala de aula em Aubervilliers, na região de Seine Saint-Denis, na periferia norte de Paris, por um homem que mencionou o grupo Estado Islâmico (EI), informaram a polícia e a promotoria.

O ataque aconteceu na escola maternal pública Jean Perrin de Aubervilliers, pouco depois das 7h, segundo o jornal Le Parisien. Na hora do ataque, o agressor teria dito: “É pelo Estado Islâmico. É um aviso”, informou a edição online do periódico.

A vida do professor agredido no pescoço foi hospitalizado, mas não está em perigo. O agressor fugiu, segundo a polícia.

A ministra da Educação da França e uma autoridade local visitaram as instalações da escola. As aulas na escola foram canceladas, de acordo com a Reuters.

As autoridades que atuam no combate ao terrorismo estão analisando o ocorrido, de acordo com a porta-voz da procuradoria, Agnes Thibault-Lecuivre, como informou a Associated Press.

Em novembro, um professor de história de uma escola judaica foi esfaqueado na rua por três homens que se diziam simpatizantes do Estado Islâmico. O professor sobreviveu. Os suspeitos conseguiram fugir.

 

 

Fonte: G1

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here