Posseiros ameaçam funcionários de fazenda em distrito de Porto Velho

Três suspeitos foram presos e nove motos apreendidas pela PM.
Grupo planejava lotear fazenda invadida em Nova Mutum Paraná.

3581242fad7faf09bd2ec901059827b7

Três homens foram presos pela Polícia Militar, na tarde do último sábado (21), por suspeita de integrarem um grupo de posseiros armados que invadiram uma fazenda e tomaram quase todos os funcionários como reféns, no distrito de Nova Mutum Paraná, região de Porto Velho.

Com eles, a polícia apreendeu nove motocicletas que estavam sem placas ou com o lacre rompido. Os veículos foram entregues a 10ª DP, de Nova Mutum. Segundo a polícia, os suspeitos pretendiam lotear a fazenda que pertence a um comerciante e um policial civil. O grupo já havia montado acampamento e estavam comercializando os lotes.

Um dos suspeitos, apontado também como possível estelionatário, já estaria recebendo dinheiro pelos futuros lotes. Com ele a PM diz ter apreendido um caderno com vários nomes, um cheque no valor de R$ 500,00 e R$ 250,00 em espécie.

No registro de ocorrência, a polícia diz que a fazenda foi invadida por vários homens encapuzados e que os funcionários foram tomados como reféns. Um funcionário conseguiu fugir e pedir ajuda.

Para garantir a tomada do local, os invasores queimaram e derrubaram uma ponte que dava acesso à fazenda, obrigando a polícia a fazer uma viagem mais longa para acessar a propriedade.

De acordo com os policiais, cerca de 40 homens estavam na fazenda e, quando viram a polícia, fugiram para dentro da mata. Um invasor teria efetuado disparo de arma de fogo, houve revide, mas ninguém foi ferido. Dois cartuchos deflagrados de calibre 32 foram encontrados no local.

 

Fonte: G1

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here