Uma extensa fila começou a se formar na noite desta quarta-feira (29) nas proximidades de uma agência bancária da Caixa Econômica Federal (CEF) em Porto Velho. O objetivo dos moradores é sacar o auxílio emergencial de R$ 600. A ação contraria a recomendação de autoridades de saúde de distanciamento mínimo para frear a pandemia do novo coronavírus.

Nas imagens feitas pela Rede Amazônica, é possível ver que correntistas levaram cadeiras, colchão e até papelão para dormir na fila e não perder o lugar. Alguns deles também não usavam a máscara de proteção, também recomendada para evitar o contágio com o vírus.

A aglomeração acontece na agência da Avenida Jatuarana. O G1 entrou em contato com a Caixa para um posicionamento e aguarda retorno.

Nesta quinta-feira, é a vez das pessoas nascidas em julho e agosto realizarem o saque do auxílio emergencial oferecido pelo Governo Federal (veja calendário ao fim desta reportagem).

Fila é formada por beneficiários que querem sacar auxílio emergencial em Porto Velho.  — Foto: Ruan Gabriel/Rede Amazônica
Fila é formada por beneficiários que querem sacar auxílio emergencial em Porto Velho. — Foto: Ruan Gabriel/Rede Amazônica

Nesta semana, o G1 registrou que a espera pelo atendimento tem gerado filas nas agências. Também em Porto Velho, por exemplo, algumas pessoas enfrentaram chuva em uma fila da Caixa localizada na Avenida Carlos Gomes. A agência abre as portas às 8h, mas por volta das 3h já tinha gente do lado de fora do local aguardando atendimento.

Em Vilhena, uma mulher foi vista esperando atendimento para receber o auxílio emergencial de R$ 600 deitada em uma rede. Uma outra mulher que estava na fila explicou que a beneficiária foi acompanhada do marido receber o dinheiro e que o casal levou a rede “para descansar mesmo”, já que ambos chegaram na agência por volta das 4h30 e foram atendidos cerca de seis horas depois.

São três calendários de pagamento diferentes:

  • um para quem se inscreveu para receber o Auxílio Emergencial através do aplicativo ou do site do programa;
  • um segundo para os beneficiários que recebem o Bolsa Família;
  • e um terceiro para os inscritos no Cadastro Único que não recebem o Bolsa Família e mulheres chefes de família.

Para quem receber via poupança digital da Caixa, os saques em dinheiro começaram a ser liberados a partir do dia 27. Para quem ainda não teve o saque liberado, os recursos podem ser movimentados digitalmente.

VEJA O CALENDÁRIO POR GRUPOS DE BENEFICIÁRIOS

1. Inscritos no aplicativo e site

A primeira parcela para esses beneficiários começou a ser paga em 14 de abril. Os pagamentos são feitos em até cinco dias úteis após o cadastro. Muitos beneficiários, no entanto, reclamam de atraso nos pagamentos e afirmam que esse prazo não vem sendo cumprido.

Para a segunda parcela, a Caixa chegou a anunciar a antecipação do pagamento, mas o Ministério da Cidadania informou que o governo não seria possível antecipar. Ainda não foi divulgado um novo calendário de pagamento.

– 27 de abril para nascidos de janeiro a março

– 28 de abril para nascidos de abril a junho

– 29 de abril para nascidos de julho a setembro

– 30 de abril para nascidos de outubro a dezembro

A terceira e última parcela está programada para maio:

– 26 de maio para nascidos de janeiro a março

– 27 de maio para nascidos de abril a junho

– 28 de maio para nascidos de julho a setembro

– 29 de maio para nascidos de outubro a dezembro

2. Bolsa Família

Terça-feira (28):

– 1.917.991 beneficiários do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 8

Quarta-feira (29):

– 1.920.953 beneficiários do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 9

Quinta-feira (30):

– 1.918.047 beneficiários do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 0

3. Inscritos no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família

Para os inscritos no CadÚnico e que não fazem parte do programa Bolsa Família, a Caixa já creditou, entre os dias 14 e 17, R$ 6,3 bilhões para 9,3 milhões de brasileiros. Foram abertas mais de 6,4 milhões de contas do tipo poupança social para esse público. Novos pagamentos vêm sendo feitos à medida em que os dados são validados pela Dataprev.

Saques da poupança digital

Para evitar aglomerações nas agências, a Caixa estabeleceu um calendário para os beneficiários que quiserem sacar em dinheiro o valor depositado nas poupanças digitais abertas para os trabalhadores:

27 de abril – nascidos em janeiro e fevereiro

28 de abril – nascidos em março e abril

29 de abril – nascidos em maio e junho

30 de abril – nascidos julho e agosto

4 de maio – nascidos em setembro e outubro

5 de maio – nascidos em novembro e dezembro

Como sacar

Os trabalhadores que receberem via poupança digital poderão sacar o auxílio nos caixas eletrônicos e casas lotéricas de todo o país, sem a necessidade de usar um cartão. Porém, será preciso solicitar a retirada por meio do aplicativo Caixa TEM. Até o momento, não foi informada nenhuma outra forma de solicitar o saque.



Fonte: G1

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here