Mais um: Mano Menezes também é demitido de clube chinês com ‘bolada’ a receber

622_ba4546fe-7a3e-387a-90f8-f58c8fb84b3f

Dois dias depois de Vanderlei Luxemburgo ser demitido na China, mais um técnico brasileiro caiu por lá. Mano Menezes não é mais treinador do Shandong Luneng. A informação foi oficializada pelo clube nesta terça-feira.

Conforme apurou a reportagem do blog do ESPN.com.br, Mano foi demitido pelos resultados ruins na primeira divisão chinesa. Ele tinha contrato de dois anos e ainda vai receber dois meses de salário – junho e julho -, menos que o compatriota, mas ainda assim uma ‘bolada’, já que o salário mensal dele gira em torno de R$ 2 milhões.

Ex-treinador do Tianjin Quanjian, Luxemburgo, conforme informou o blog nessa segunda-feira, receberia multa de 10 milhões de euros (R$ 40 milhões) e já havia sido pago a ele seis meses de salário. No entanto, agora, não vai receber mais esse valor, mas terá salário até o fim do ano. No total, serão 11,5 milhões de euros (R$ 46 milhões).

Mano Menezes assumiu o comando do Shandong em janeiro, após ter deixado o Cruzeiro, e comandou o clube chinês por 21 partidas. Venceu sete, empatou sete e perdeu outras sete.

O técnico, que conduziu a equipe até as quartas de final da Liga dos Campeões da Ásia, não vinha repetindo o bom desempenho no Campeonato Chinês. Com uma campanha decepcionante, o Shandong ocupa a 14ª posição na tabela, com apenas nove pontos, tendo vencido apenas dois dos 11 jogos disputados na competição.

No site oficial de Mano Menezes, consta a informação de que a saída dele do Shandong Luneng foi decidida em consenso com o clube. Veja a nota na íntegra:

“Após reunião nesta terça-feira com a presidência do clube, decidimos em consenso, interromper as nossas atividades no Shandong Luneng. Depois de seis meses de trabalho, o que marca é a inédita classificação do clube entre os 8 melhores da Champions Asiática 2016, que terá suas quartas de final disputadas no segundo semestre. Agradecemos aos jogadores, ao clube pela oportunidade, à torcida pelo apoio e à imprensa pela cobertura correta e equilibrada da nossa passagem pelo futebol chinês. Sobretudo, desejamos sucesso ao Shandong Luneng na sequência do trabalho.”

O fisioterapeuta Bruno Mazziotti, ex-Corinthians, que foi para o Shandong com Mano, também deixou o clube com a saída do treinador. “Respeitando a decisão do treinador, nós da comissão técnica seguiremos em busca de novos desafios”, escreveu ele em seu Facebook.

 

 

Fonte:ESPN

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here