Líderes políticos e chefes de Estado da América do Sul declaram apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que tem até as 17 horas desta sexta-feira para se entregar à Polícia Federal de Curitiba. O prazo foi dado pelo juiz Sergio Moro. Lula foi condenado a 12 anos e um mês de reclusão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo do caso tríplex do Guarujá.

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, afirmou que “o mundo inteiro” abraça Lula e que a “injustiça dói na alma”. “A direita, diante da incapacidade de ganhar democraticamente, elegeu o caminho judicial para amedrontar as forças populares”, disse Maduro.


Fonte: Estadão Conteúdo

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here