“Estava no Hospital e fui deixar o celular no carro, e quando estava voltando um homem em um carro vermelho me puxou pelo braço, e depois colocou um pano com álcool no meu rosto, e eu só acordei no outro dia de madrugada, e quando acordei estava seminua em um quarto fechado com cadeado e sem mobiliá, aliás, tinha roupa de mulher e de homem lá dentro, e alguns objetos aparentando ser roubados” Relatou a adolescente a policia.

A Polícia Militar foi acionada na manhã desta quarta feira(23), para averiguar uma situação, onde uma adolescente de 13 anos relatava via telefonema que precisava de socorro, pois ela havia conseguido fugir de um cativeiro, para onde teria sido levada desacordada na tarde de ontem(22). A Polícia orientou a jovem a aguardar e foram em direção a mesma.

Ao chegarem até o local onde a adolescente se encontrava, ela estava desorientada e transtornada, e relatou que havia sido sequestrada quando estava no Hospital Municipal com familiares.

Após os relatos, a adolescente foi conduzida até o Hospital Municipal para realização de exames de corpo de delito e posteriormente  até a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM), onde também compareceu a mãe da adolescente para acompanha-la.

Em depoimento à delegada de Polícia que presidiu o caso, Dra. Caritiana Cuellar da Silva, a adolescente explicou como tudo havia acontecido, mas acabou se contradizendo em determinados momentos.

Os policiais da DEAM investigaram os fatos e descobriram que a história do sequestro não era verídica, e que a adolescente havia passado a noite com um rapaz que a mesma conheceu e marcou encontro através do facebook, e que teria inventado toda essa história para a mãe não descobrir o que ela de fato havia feito.

Os policiais tentam agora identificar e localizar o jovem com o qual a adolescente passou a noite.


Fonte: Jaru Online

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here