Instituto de Gilmar Mendes recebeu patrocínio de R$ 2,1 milhões da J&F

O Instituto Brasiliense de Direito Público, que tem como sócio o ministro do Supremo Gilmar Mendes, recebeu nos últimos dois anos R$ 2,1 milhões do grupo J&F, que controla a JBS. 
Segundo informações divulgadas pela Folha de São Paulo, o instituto afirmou ter devolvido o montante de R$ 650 mil desse total até 29 de maio, após a revelação do acordo de delação premiada de executivos da empresa. Eles ainda afirmam que devido a cláusula contratual referente à conduto ética e moral dos patrocinador, o contrato assinado em 2015 com o grupo foi rescindido. 
De acordo com o Instituto e a JBS, um dos congressos ocorreu em abril, em Portugal, pouco mais de uma semana depois de sete executivos do frigorífiro firmarem um acordo de delação com o Ministério Público Federal. O encontro conto com a presença de magistrados, ministros do governo de michel Temer, advogados e políticos. 
A JBS disset er gasto a quantia de R$ 1,45 milhão desde 2015, sem mencionar o retorno de R$ 650 mil. 

Fonte: Diario de Pernambuco

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here