Incêndio destrói celas na Colônia Agrícola Penal de Porto Velho

Apenados atearam fogo no local após comprimento de decisão, diz Sejus.
Presídio ficou destruído e ameaça desabar segundo agentes

img_7577

Apenados do semiaberto da Colônia Agrícola Penal Ênio Pinheiro permanecem em frente ao presídio, mesmo após ele ter sido incendiado na manhã desta segunda-feira (11). De acordo com a Secretaria de Justiça de Rondônia (Sejus), os presos atearam fogo no local após serem impedidos de sair sem a pulseira de monitoramento. O incêndio destruiu todas as celas da unidade, mas ninguém se feriu.

A decisão publicada no dia 3 de novembro de 2015, pelo Juiz, Renato Bonifácio de Melo Dias, determina que os apenados que saírem da Colônia Agrícola Penal devem ser monitorados eletronicamente por tornozeleiras.

Alguns apenados permaneceram em frente a unidade prisional, após o incêndio ter sido controlado (Foto: Hosana Morais/G1)
Alguns apenados permaneceram em frente a unidade prisional, após o incêndio ter sido controlado (Foto: Hosana Morais/G1)

O apenado, Fabrício Barrosos, de 28 anos que cumpre pena por tráfico de drogas, afirma que essa decisão é incoerente com a situação vivida na colônia. “Nós sempre saíamos sem pulseira e voltávamos, mas hoje eles começaram a querer cumprir essa decisão. Se sairmos na rua agora sem a autorização ou sem pulseira, somos considerados foragidos pela justiça”, disse Fabrício.

Mesmo embaixo de chuva, os apenados estavam em frente à Colônia Agrícola Penal esperando uma resposta do diretor da unidade. O G1 entrou em contato com a Sejus, mas até a publicação desta matéria não foi informado sobre o que irá acontecer com os apenados que se encontram em frente à unidade prisional.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Rondônia (Singeperon), Anderson Pereira, nenhum preso ou agente se feriu durante o incêndio. Conforme alguns agentes penitenciários que preferem não se identificar, a estrutura da unidade está destruída e ameaça desabar a qualquer momento. O Corpo de Bombeiro fará perícia no local.

 

 

Fonte: G1

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here