Homem é preso suspeito de estuprar menino de 9 anos após culto, em RO

Abuso foi descoberto após criança apresentar dificuldades para andar.
‘Garoto teve uma infecção no ânus e mãe o levou no médico’, diz delegado.

dsc0738
Segundo polícia, suspeito confessou abuso sexual contra menino de 9 anos (Foto: Jonatas Boni/ G1)

Um homem de 52 anos foi preso nesta terça-feira (15) suspeito de ter estuprado um menino de 9 anos em Cujubim (RO), cidade localizada no Vale do Jamari. De acordo com a Polícia Civil, o abuso teria acontecido no último dia 5 de setembro, quando o homem convidou o garoto para ir até um culto. Após o encontro na igreja, o fiel chamou a criança para comer doce na casa dele, momento em que o violentou sexualmente.

Segundo o delegado que conduziu a investigação, Rodrigo Camargo, o estupro só foi descoberto porque a criança começou a apresentar dificuldades para andar. “Como havia uma infecção avançada no ânus da criança, a mãe o levou até o hospital. Para a mãe, o menino alegou ter machucado o bumbum após cair de bicicleta, porém o médico constatou sinais de abuso sexual”, afirma.

Com a constatação de um estupro, o médico orientou que a mãe registrasse um boletim de ocorrência. “Ao tomarmos conhecimento, encaminhamos a criança ao Instituto Médico Legal (IML), que confirmou que o acusado penetrou a criança na região do ânus, causando sérias lesões”, explica Camargo.

O modo como o suspeito arquitetou o crime intriga os policiais. De acordo com o delegado, o homem ligou para a mãe da vítima pedindo para levá-lo ao culto em Cujubim, mas ela não autorizou. “Mesmo tendo o pedido negado, ele foi até a casa do menino, disse para a irmã mais velha que a mãe tinha autorizado e o levou até a igreja”, conta.

Após o culto religioso, o homem que era amigo da família levou a criança até a casa dele para comer doce. “Chegando na residência já começou a abusar. O suspeito confessou nos mínimos detalhes tudo que fez, inclusive que em alguns momentos o menino pedia para ele parar com o ato sexual, por causa da dor. Tudo foi feito sem preservativo”, aponta.

Em entrevista, Rodrigo Camargo declarou que desde o estupro a criança está tendo dificuldades para caminhar. “Até hoje ele anda meio mancando. A infecção no ânus do menino foi muito forte”, finaliza o delegado.

O suspeito foi preso nesta terça-feira em Cujubim e depois levado para Ariquemes (RO), onde foi ouvido pelo delegado. Após o depoimento, ele foi levado para a Casa de Detenção, onde está a disposição da Justiça. A Polícia Civil também está investigando se o homem de 52 anos também abusou sexualmente da ex-enteada.

 

Fonte: G1

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here