Um homem de 53 anos acabou preso no fim desta semana suspeito de ter estuprado uma menina de 12 anos. O crime aconteceu próximo a uma conveniência de um posto de gasolina na BR-364, em Porto Velho, por volta das 19h. Ele nega o crime.

Segundo testemunhas, a jovem estava no local vendendo açaí quando o suspeito a abordou com a desculpa de que tinha interesse no produto. Depois disso, ofereceu R$ 100 a ela para que eles tivessem relações sexuais.

Conforme a Polícia Militar, a menina negou a quantia e correu. Porém, o homem a agarrou pelo braço e tentou beijá-la. Além disso, disse para a vítima não contar nada a alguém, pois ele seria prejudicado, segundo boletim de ocorrência.

“Ela conseguiu se soltar e saiu correndo atrás de proteção. Foi quando me ligaram e ela contou tudo”, disse a mãe da vítima.

Ao G1, a mulher, de 41 anos, disse que a filha vendia os produtos para ajudar em casa. Ela tem quatro filhos e está desempregada. Após ficar sabendo do ocorrido, seguiu para o local do crime e, em um momento de fúria, pensou em agredir o suspeito.

“Na hora da raiva, nós não pensamos. Cheguei lá e já tinha um monte de gente questionando ele sobre o ocorrido. Minha filha contou tudo o que aconteceu. Eu quase parti para cima dele, mas minha irmã impediu, pedindo que eu lembrasse das crianças. Sinto nojo dele”, contou.

Uma equipe da Polícia Militar (PM) se deslocou ao local após o chamado de populares. A mãe da garota chegou a questionar o homem do porquê pelo abuso à vítima. “Ele negou o tempo inteiro. Minha filha não inventaria isso e ela estava com o vestido rasgado”, completou a mãe.

Após a abordagem da polícia, o suspeito foi preso e encaminhado à Central de Flagrantes da cidade, onde permanece à disposição da Justiça. Apesar do susto, a menina não sofreu ferimentos.

Questionada sobre o futuro, a mãe da jovem informou que não vai deixar que a menina continue vendendo açaí. “Nós precisamos muito, mas depois disso, não tem como. Não quero que ela corra esse risco novamente. Nem ela e nem meus outros filhos”, completou.


Fonte: G1

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here