O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta terça-feira, 14, que o dólar deveria estar caindo, mas o “barulho político” não deixa. Segundo ele, “os atores cometem excessos”. “Às vezes o presidente sai do cercado, às vezes um ministro do Supremo Tribunal Federal prende pessoas. Toda hora tem um que pula fora da cerca, dá um passeio no lado selvagem”, comentou durante evento do BTG Pactual.

Para o ministro, o câmbio de equilíbrio no país deveria ser entre R$ 3,80 e R$ 4,20. Porém, hoje, a moeda norte-americana encerrou o dia cotada a R$ 5,25 no mercado à vista.

“Estamos indo para meio trilhão de dólares de corrente de comércio com o mundo, nunca aconteceu antes; US$ 100 bilhões na balança comercial, nunca aconteceu antes; então, esse dólar já era para estar descendo mesmo”, ressaltou.


Fonte: Revista Oeste

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here