Governador se compromete entrar na luta contra cartel do boi

Pelo decreto estadual, a pauta do boi será reduzida de R$ 1.900 para R$ 700 por cabeça. Já a vaca será de R$ 1.400 para R$ 500.

governador-se-compromete-entrar-na-luta-contra-cartel-do-boi540x304_66693aicitono_1a8telt061daf1ul31f2o129h1kqcaEm postagem em seu blog ontem, o governador Confúcio Moura (PMDB) assumiu o compromisso de lutar contra o “cartel” do boi formado em Rondônia. O governador cita que “o mercado é cruel e impiedoso” e questiona a justificativa para “o jogo de fechamento de frigoríficos em Rondônia, os poucos acordos firmados para derrubar o preço da arroba do boi gordo e a escala de matança “cômoda como a que existe hoje no Estado?”.

“Cartel. Cartel. Cartel. O Estado deve agir com toda força. Sem dó, nem piedade. Como explicar um prejuízo de mais de R$ 20 na arroba em comparação com outros Estados? Ou Rondônia tem cara de panaca?”, afirma o governador.

Para Confúcio Moura, querendo ou não a isso se chama crime de formação e cartel, que prejudica os criadores financeiramente, chamando por ele de “segundo coração: o bolso”.

“E a inviabilidade de se criar como sempre recomendo, intensificando nos confinamentos ou semiconfinamentos? E o preço da ração? E os custos de manutenção? E a compra de maquinários? E o impacto sobre a floresta para mais desmatamento?”, questiona Confúcio.

Dados oficiais apontam que o preço da arroba do boi em Rondônia não para de cair, perdendo, inclusive, para Estados como o Pará e Mato Grosso, que costumavam pagar menos. Em debate na Assembleia Legislativa, em Porto Velho, no mês de dezembro, foi citado que enquanto a arroba em Rondônia custava R$ 121, no Pará estava em R$ 134 e no Mato Grosso, R$ 132.

Diante desse fato, muitos produtores preferem levar o gado para abater em São Paulo, onde o preço da arroba gira em torno de R$ 150.

Em contrapartida, o consumidor continua pagando mais caro.

Como desafio ao cartel, atendendo aos produtores, o governo estadual publicou resolução baixando a pauta do boi e da vaca para a venda fora de Rondônia.

Pelo decreto estadual, a pauta do boi será reduzida de R$ 1.900 para R$ 700 por cabeça. Já a vaca será de R$ 1.400 para R$ 500.
Fonte:Diário da Amazônia

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here