Empresários paulistas e de regiões importantes do país puderam conhecer um pouco mais do potencial produtivo da piscicultura de Rondônia durante a primeira edição do “Rondônia Day”. O evento foi realizado pelo Governo de Rondônia, através da Superintendência de Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura e parceiros de Rondônia (SEDI).

O presidente da Associação de Criadores de Peixes do Estado de Rondônia (ACRIPAR), Francisco Hidalgo Farina discorreu sobre os peixes nativos da Amazônia que são cultivados de forma sustentável em Rondônia, sem a necessidade de pesca predatória.

Farina lembrou que o potencial de expansão do cultivo de peixes nativos em Rondônia ainda é enorme. “Possuímos abundância em recursos hídricos e também temos condições climáticas favoráveis para o cultivo de peixes nativos em fazendas, aproveitando áreas não agricultáveis, podendo-se fazer o consórcio com outras atividades do agronegócio”, destaca o presidente da ACRIPAR.

Rondônia é o estado com a maior produção nacional de peixes nativos e o terceiro do país, quando consideradas todas as espécies, contudo o diferencial do Estado está na capacidade de expansão e o aproveitamento da produtividade nos mais de mais de 15.800/ha.

Com base nesses dados, o Governo de Rondônia faz uma projeção de produção de 95.534,37 toneladas ao ano. O Estado possui 4.308 empreendimentos cadastrados e licenciados exclusivamente para comercialização e produção.


Fonte: Assessoria

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here