Curso de medicina em Vilhena deve ser anunciado amanhã pelo Ministério da Educação

Unesc, que venceu disputa pela graduação, evita fazer comentários

500x281_o_1atjcd13erjv1viqvc0udr1u2ga

Reportagem veiculada no jornal Folha de São Paulo antecipa que amanhã (terça-feira, 27), o Ministério da Educação deve anunciar as 39 faculdades de medicina que serão implantadas em várias cidades do Brasil. Vilhena é a única da região Norte a ser contemplada pela graduação, a mais concorrida no segmento acadêmico do país.

A Unesc, que venceu a disputa para oferecer o curso em Vilhena, prefere não se manifestar sobre o tema até a assinatura da portaria autorizando o início das aulas. Mas, segundo apuração do FOLHA DO SUL ON LINE, a instituição, que atua também no ensino superior em Cacoal, já estaria se preparando para dar seguimento ao projeto estabelecido pelo MEC.

A expectativa é que, liberado o curso, toda a estrutura para o início das aulas esteja montada até o primeiro semestre do ano que vem. A graduação, no entanto, só passa a ser oferecida após vistoria de técnicos do MEC às instalações da faculdade vilhenense. A Unesc tentará fazer o primeiro vestibular ainda em 2017.

Nesta semana, devem estar na cidade os dois diretores da faculdade contemplada, os professores Ismael Cury e Antônio Carlos do Nascimento (FOTO), que falarão oficialmente sobre a decisão do Ministério da Educação e anunciarão as medidas a serem adotadas.

Fonte:Folha do Sul Online

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here