Não foi dessa vez que o Brasil conquistou novamente o Miss Universo, mas foi por pouco. A edição 2020 do concurso aconteceu na noite deste domingo (17), em Miami (EUA) e tinha a brasileira Julia Gama como uma das favoritas. A gaúcha de 28 anos ficou em segundo lugar e perdeu apenas para Andreza Meza, do México. Janick Maceta, do Peru, ficou na terceira posição.

Julia se destacou bastante na 70ª edição do Miss Universo e chamou a atenção entre as 74 candidatas. Além de muito bonita, ela também fala espanhol, inglês e mandarim e foi muito bem durante todo o evento.

“As mulheres são uma parte muito importante da sociedade e só porque não somos incentivadas da mesma forma que os homens, não significa que não temos o nosso potencial. O mundo precisa da contribuição das mulheres. Nós estamos aqui por um motivo e convido as mulheres a entenderem que somos as líderes das nossas vidas e fazer muito pela nossa comunidade. Então, vamos erguer nossas mãos”, respondeu a braileira ao ser questionada sobre o papel da mulher na sociedade. 

Mexicana Andrea Meza leva a coroa do Miss Universo
Mexicana Andrea Meza leva a coroa do Miss Universo RODRIGO VARELA/GETTY IMAGES/AFP

O Brasil venceu o Miss Universo em duas oportunidades apenas. A primeira vez foi em 1963 com a também gaúcha Iêda Maria Vargas. A segunda aconteceu em 1968, com a baiana Martha Vasconcellos.

Por conta da pandemia do novo coronavírus no mundo, o concurso foi suspenso em 2020 e a última vencedora, a sul-africana Zozibini Tunzi, ficou com a coroa por quase um ano e meio.



Fonte: R7

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here