Agentes voltam a encontrar droga dentro de presídio em Porto Velho

Um tablete e seis papelotes de maconha foram apreendidos numa cela.
Droga era armazenada em fundo falso de um balde, segundo agentes.

Droga foi apreendida dentro do Urso Panda, em Porto Velho (Foto: Rede Amazônica/Reprodução)
Droga foi apreendida dentro do Urso Panda, em
Porto Velho (Foto: Rede Amazônica/Reprodução)

No início da noite desta segunda-feira (25), agentes penitenciários lotados no presídio Edvan Mariano Rosendo (Urso Panda), emPorto Velho, apreenderam um tablete e seis pequenas porções de maconha que estavam escondidas no fundo falso de um balde, dentro de uma das celas do presídio. Um jovem de 18 anos, que teria assumido ser o dono da droga, foi encaminhado à Central de Polícia para registro do flagrante.

Esta não é a primeira vez que drogas são apreendidas dentro de uma cela daquela unidade prisional, mas, mesmo com a recorrência do fato, nem os agentes, nem a administração do presídio conseguem explicar como presos continuam tendo acesso a entorpecentes e a outros objetos como, por exemplo, telefone celular. 

Em entrevista ao G1, em novembro do ano passado, um agente penitenciário chegou a sugerir que parentes dos presos, principalmente mulheres, continuam tendo sucesso em entrar com drogas no horário de visita. “Como? Eu não sei”, afirmou o agente.

 

 

Fonte: G1

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here