Conversas gravadas entre o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o empresário Joesley Batista mostram um interesse do tucano em substituir o diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello. A informação foi divulgada nesta terça-feira (30), pelo jornal Folha de S.Paulo.

Ele ainda disse que, em caso de queixa da opinião pública, o governo poderia justificar que a mudança havia ocorrido devido à operação Carne Fraca.

Os dois disseram: “Tem que tirar esse cara”.

 

O jornal destaca que os dois não disseram claramente o nome do diretor-geral, mas indicaram que estavam falando dele. Aécio chega a falar em “o cara da Polícia Federal chegar a cair”.

Desde 2011, Daiello está à frente da Polícia Federal, responsável por deflagrar todas as fases da Lava Jato, juntamente com o MPF (Ministério Público Federal). Este último comandado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que deixará o cargo em setembro. 


Fonte: R7

 

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here