A Polícia Civil de Rondônia confirmou à Rede Amazônica a fuga de oito presos do Centro de Ressocialização de Ariquemes (RO) por volta das 5h desta quinta-feira (22).

Segundo informações iniciais da corporação, os detentos cavaram um túnel de cerca de 15 metros e conseguiram escapar após terem acesso à área externa da unidade prisional. Até o momento, nenhum deles foi capturado.

A Polícia Militar (PM) identificou os fugitivos como:

  • Anderson Aureliano da Silva Pereira (25 anos);
  • Júnior Gregório Ortiz (22 anos);
  • Alessandro Lauro Ferreira Gomes (27 anos);
  • Antônio Freitas da Silva (32 anos);
  • Claudivan Francisco de Souza (29 anos);
  • Wanderson Kisman Vieira da Silva (24 anos);
  • Marcelo Araújo de Andrade (27 anos); e
  • Lucas da Silva Pinheiro (21 anos).

Conforme o delegado regional de Ariquemes, Rodrigo Duarte, a ocorrência da 18ª fuga ocorrida no presídio está foi registrada e a perícia esteve no local para dar início aos trabalhos de investigação.

G1 entrou em contato com a Secretaria de Estado de Justiça (Sejus) sobre o caso para um posicionamento, mas o órgão não respondeu até a última atulização desta reportagem.

Centro de Ressocialização de Ariquemes — Foto: Jeferson Carlos/Arquivo/G1
Centro de Ressocialização de Ariquemes — Foto: Jeferson Carlos/Arquivo/G1

Fugas no presídio

A fuga desta quinta é a 18ª registrada no presídio de Ariquemes, desde que a unidade foi inaugurada, no final de julho de 2017. A construção da unidade iniciou em 2008, com previsão de ser entregue em 2010, mas só foi concluída sete anos depois. O custo final da obra ficou em R$ 10 milhões.

O presídio está localizado na Linha C-70, a cerca de 15 quilômetros de Ariquemes. Com capacidade para receber até 230 apenados, a unidade atualmente possui cerca de 500 presos, o que equivale a 217% de superlotação.



Fonte: G1

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here