O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) registrou 72.843 incêndios este ano no Brasil.

“Um aumento de 80% em relação ao ano passado”, grita a velha imprensa ao se deparar com as informações do Inpe.

Mas este número é realmente alarmante?

Em texto publicado dias atrás no site “Earth Observatory“, a NASA, agência espacial dos Estados Unidos, fala sobre o início da temporada das queimadas na Amazônia.

Após uma breve explicação sobre os motivos envolvidos na proliferação de incêndios nesta época do ano no país, a NASA afirma:

“A partir de 16 de agosto de 2019, observações por satélite indicaram que a atividade total de incêndio na bacia amazônica estava ligeiramente abaixo da média em comparação com os últimos 15 anos.”

E acrescenta:

“Embora a atividade tenha sido acima da média no Amazonas e, em menor escala, em Rondônia, ela tem sido abaixo da média em Mato Grosso e Pará, de acordo com o Banco Mundial de Emissões de Incêndio.”

Já nesta quarta-feira (21), em mensagem no perfil oficial da NASA no Twitter, a agência afirmou que “embora seja estação de fogo no Brasil, o número de incêndios pode ser recorde”. Nenhuma estatística foi apresentada para embasar a suposição.

NASA

@NASA

Smoke from wildfires in the #AmazonRainforest spreads across several Brazilian states in this natural-color image taken by a @NASAEarth instrument on the Suomi NPP satellite. Although it is fire season in Brazil, the number of fires may be record-setting: https://go.nasa.gov/2zbdf9f 

Ver imagem no Twitter

41,5 mil

Informações e privacidade no Twitter Ads
25,7 mil pessoas estão falando sobre isso

Enquanto isso, nas redações dos grandes jornais internacionais e nacionais, a narrativa sendo desenvolvida é que o Brasil está em chamas e que o grande culpado é o presidente da República, Jair Bolsonaro.

“Amazônia está pegando fogo em taxas recordes. As chamas são tão grandes que a fumaça pode ser vista do espaço. Especialistas afirmam que os incêndios podem ter grandes impactos climáticos”, afirma o site National Geographic em matéria publicada nesta quarta-feira (21).


Fonte: RENOVA Mídia

Comente esta postagem via Facebook
COMPARTILHE

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here