Sicoob gif

A morte do caminhoneiro José Batistela continua sendo investigada em Vilhena (RO), no Cone Sul. O delegado Fábio Campos afirma que não há suspeito preso, e que informações recebidas estão sendo apuradas. A Polícia Civil afirma que o caso está sendo tratado como homicídio doloso, e pede ajuda da população, para quem tiver informações sobre o crime, denunciar.

As denúncias podem ser feitas pelo número 197 de forma gratuita e anônima.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o crime aconteceu pouco depois de o caminhoneiro sair do posto de combustível onde estava estacionado, com uma carga de madeira, que se enquadra nas cargas que têm trânsito livre em pontos de manifestação. Fatores que podem levar a crer que o crime tenha relação com o fato do motorista ter abandonado o movimento grevista.

De acordo com o delegado Fábio Campos, o crime está sendo tratado como homicídio doloso, quando há inteção de matar. “A forma como foi praticado, o instrumento que foi utilizado deixa bem evidenciado no mínimo uma previsiblidade de que poderia matar o caminhoneiro. Houve informações de característica de possíveis veículos, mas tudo está sendo checado pela equipe de investigação. Nós não temos ainda suspeitos presos”, afirma o delegado.

 
Pedra atravessou parabrisa do veículo e atingiu cabeça da vítima (Foto: Renato Barros/Rede Amazônica)

Entenda o caso

José Batistela foi morto na tarde de quarta-feira (30) em Vilhena. O caminhoneiro de 70 anos estava próximo a um ponto de manifestação, quando foi atingido com uma pedrada na cabeça. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) ainda não se sabe quem pode ter arremessado o objeto.

O veículo de José estaria passando pela rodovia, quando uma pessoa em um carro de passeio arremessou a pedra contra o parabrisa, que atravessou o vidro e atingiu a cabeça da vítima. O Corpo de Bombeiros chegou a ir no local, mas a vítima não resistiu aos ferimentos.

O caminhoneiro foi velado em uma igreja de Jaru na tarde desta quinta-feira (31). O enterro aconteceu no início da noite.

Velório do caminhoneiro José Batistela foi realizado na tarde desta quinta (31) em Jaru (Foto: Reprodução/ Rede Amazônica)
Velório do caminhoneiro José Batistela foi realizado na tarde desta quinta (31) em Jaru (Foto: Reprodução/ Rede Amazônica)

Fonte: G1

Comente esta postagem via Facebook
COMPARTILHE

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here