O empresário da JBS Joesley Batista, o vice-governador de Minas Gerais, Antonio Andrade (MDB), e o deputado João Magalhães (MDB-MG) foram presos nesta sexta-feira (9) na Operação Capitu, deflagrada pela Polícia Federal, que investiga suposto esquema de corrupção no Ministério da Agricultura em 2013, durante o governo Dilma.

Também alvo da operação, o empresário Ricardo Saud (ex-diretor da J&S) também é alvo de mandado de prisão, mas está fora do Brasil. 

A PF cumpre 62 mandados, entre apreensão e prisão, em cinco estados: Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraíba e Mato Grosso.

Segundo as investigações, havia um esquema de distribuição de suborno pela JBS para políticos do MDB dentro do Ministério da Agricultura, para que medidad que beneficiam o grupo fossem aprovadas.

Com informações da Folhapress.

Comente esta postagem via Facebook
COMPARTILHE

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here