Sicoob gif

Um homem de 35 anos esfaqueou a própria filha de 13 anos, na tarde da última quinta-feira (22), e logo depois tentou suicídio na Rua das Flores, no Bairro Floresta, em Porto Velho. O crime aconteceu depois que a mãe da menina descobriu que o marido molestou a filha do casal, no último fim de semana. Após a descoberta, a mulher pediu para o suspeito sair de casa, mas ele não saiu. Pai e filha seguem internados no Hospital João Paulo II.

De acordo com o capitão Renato Suffi, da Polícia Militar (PM), ao chegarem na casa da família, os policiais foram informados que moradores próximo do local ouviram gritos de socorro e que um deles arrombou a porta e encontrou a adolescente ferida, gritando ao lado do pai.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estava no local e os paramédicos informaram que o suspeito foi encontrado no chão da residência desacordado e ensanguentado. Conforme a PM, o suspeito tentou suicídio após esfaquear a filha.

Dentro da casa, paramédicos realizaram os atendimentos e levaram o homem até o Hospital de Pronto-Socorro João Paulo II. Em seguida, a PM foi até o hospital, pois filha esfaqueada foi levada à mesma unidade de saúde pelos moradores da região.

A polícia conversou com o médico que atendeu a vítima e o profissional disse que a adolescente estava no centro cirúrgico e que o suspeito também passava por uma cirurgia, pois havia perfurado o estômago.

A mãe da vítima estava na unidade de saúde e informou aos policiais que, no último domingo (18), a filha havia contado que o pai havia molestado ela. Após ouvir o relato da filha, a mulher pediu para que o homem saísse de casa, porém ele pediu tempo para encontrar um local e na quinta-feira o suspeito decidiu esfaquear a menor.

Prisão

De acordo com o capitão Suffi, a prisão do suspeito já foi decretada por tentativa de homicídio, seguida de tentativa de suícidio.

“A princípio tudo leva a crer que ele tentou matar a filha e depois tentou cometer o suícidio. Só que Graças a Deus e também aos populares que ouviram os gritos e tiveram essa iniciativa de acionar a polícia (…), a gente vai só aguardar para que seja instaurado o processo e ele tem o direito contraditório a ser oferecido”, diz Suffi. A Polícia Civil já decretou a prisão do suspeito.

A assessoria do Hospital João Paulo II informou ao G1 nesta sexta-feira (23) que a adolescente está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e que o estado dela é grave. Já o pai encontra-se na ala cirurgia entubado e o estado de saúde dele é estável.


Fonte: G1

Comente esta postagem via Facebook
COMPARTILHE

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here