Ministro admite apoio do MDB a Alckmin

Sicoob gif

O ministro da Secretaria de Governo desde dezembro, deputado Carlos Marun, disse que o governo começará a discutir nomes para a eleição presidencial somente depois que a reforma da Previdência for votada na Câmara Federal, informa o jornal O Estado de São Paulo.

Ele não descarta, porém, que o MDB apoie uma eventual candidatura do governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) à sucessão de Michel Temer.

Segundo Marun, apesar da mágoa em relação à postura do tucano durante a tramitação na Câmara das duas denúncias contra o presidente, a defesa que Alckmin – agora presidente do PSDB – tem feito das mudanças nas aposentadorias abre canal de reaproximação entre o governo e o partido.

Além do governador, Marun cita o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD), e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), como possíveis postulantes ao apoio do MDB e do governo ao Planalto, acrescenta o jornal.

 

Fonte: Estadão

Comente esta postagem via Facebook
COMPARTILHE

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here