Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, recebeu na madrugada até a manhã desta sexta-feira (6) mais quatro crianças que ficaram feridas em uma creche em Janaúba, na Região Norte de Minas Gerais. Ao todo, oito crianças entre 3 e 5 anos estão internadas na capital mineira. A informação é do Corpo de Bombeiros

Cinco crianças morreram queimadas após o vigia Damião Soares dos Santos, 50 anos, jogar álcool em crianças e nele mesmo e, em seguida, atear fogo. Ele morreu no hospital. A tragédia aconteceu no Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente, no bairro Rio Novo.

Mortos e feridos

Segundo o Instituto Médico-Legal da cidade, morreram no ataque:

Entre os pacientes internados, 14 são crianças com idades entre 4 e 5 anos. Também há funcionários da creche entre os feridos. Todos os internador tiveram mais de 20% do corpo queimado, e 15 pessoas respiram com a ajuda de aparelhos.

A Polícia Militar informou que uma aeronave da PM está no local para socorrer as vítimas. Ainda segundo a PM, um avião do governo do Estado foi de Belo Horizonte para Janaúba para transportar os feridos até o Hospital João XXIII, na capital mineira, que é referência em tratamento de queimaduras em Minas.

A cidade de Janaúba tem quase 67 mil habitantes, segundo o último Censo feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2010, e está a cerca de 600 km da capital mineira.

O agressor

 
Damião Santos_Janaúba (Foto: Polícia Civil/Reprodução)
Damião Santos_Janaúba (Foto: Polícia Civil/Reprodução)

 

De acordo com a Prefeitura, Damião dos Santos era funcionário efetivo desde 2008. Ele ficou de férias de julho a agosto e ao retornar ao trabalho, no mês de setembro, alegou problema de saúde e foi afastado.

Ainda segundo a prefeitura, ele foi a creche na manhã desta quinta entregar o atestado médico e cometeu o crime. A prefeitura não informou qual era o problema de saúde alegado pelo funcionário.

A prefeitura de Janaúba decretou sete dias de luto oficial em solidariedade às famílias afetadas pela tragédia. O governador Fernando Pimentel decretou luto oficial de três dias.

 
 Interior da creche de Janaúba que foi incendiada nesta quinta (5)   (Foto: Natália Jael/Inter TV Grande Minas)
Interior da creche de Janaúba que foi incendiada nesta quinta (5) (Foto: Natália Jael/Inter TV Grande Minas)

 
Crime em Janaúba (Foto: Natália Jael/Inter TV Grande Minas)
Crime em Janaúba (Foto: Natália Jael/Inter TV Grande Minas)

 
Crime em Janaúba (Foto: Natália Jael/Inter TV Grande Minas)
Crime em Janaúba (Foto: Natália Jael/Inter TV Grande Minas)

 


Fonte: G1

Comente esta postagem via Facebook
COMPARTILHE

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here