Um homem de 59 anos foi encontrado morto em uma estrada da área rural de Vilhena (RO), no Cone Sul, nesta quinta-feira (2). Segundo a Polícia Civil, a vítima tinha deformidade craniana e marcas de queimadura pela barriga, costas e região íntima. Uma testemunha contou aos policiais quem era o suposto autor do homicídio, que foi preso. O caso é investigado.

De acordo com o boletim de ocorrência, uma guarnição da Polícia Militar (PM) foi até o local indicado pela denúncia e, após conversar com a pessoa que chamou a polícia, constataram que se tratava de um homicídio.

O corpo da vítima, identificada como Agenor dos Santos, estava caído e tinha deformidade craniana, além de queimaduras na barriga, parte das costas e em região íntima. A perícia foi acionada e deu início aos trabalhos de investigação.

Uma testemunha contou aos policiais que sabia quem era o suposto autor do crime, reiterando que viu o momento em que Agenor foi morto. O informante, então, levou os policiais até a casa do suspeito, que negou ter assassinado a vítima.

O suspeito foi encaminhado à delegacia da cidade, onde permanece à disposição da Justiça. O crime é apurado pela Polícia Civil.



Fonte: G1

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here