A figurinista Susllen Tonani desistiu de representar criminalmente contra o ator José Mayer, a quem acusou publicamente de assédio. Com a decisão, notificiada à Polícia Civil pela figurinista e pela Defensoria Pública, o delegado Rodolfo Waldeck, da 32ª DP (Jacarepaguá), decidiu arquivar o inquérito. A informação foi confirmada ao G1 nesta quinta-feira (27).

Segundo o delegado, a Defensoria Pública entregou um ofício informando a intenção de Su Tonani de não dar prosseguimento ao caso. A própria figurinista também apresentou um relato por escrito em que também desiste de qualquer ação contra o José Mayer.

“Ela não representou. Por isso, não posso prosseguir nas investigações”, afirmou o delegado.

No fim de março, a figurinista acusou o ator da TV Globo de assédio sexual. Segundo texto assinado por Tonani e publicado no blog #AGORAÉQUESÃOELAS, do jornal “Folha de S.Paulo”, o assédio começou há oito meses, com elogios, que evoluíram para cantadas. Ela afirmou que, mais tarde, o ator tocou suas partes íntimas sem o consentimento dela, em intervalo de gravações.

Dias depois, o ator divulgou uma carta em disse que errou e pediu desculpas. A TV Globo decidiu suspender o ator de qualquer produção dos Estúdios Globo por tempo indeterminado.


Fonte: G1

Comente esta postagem via Facebook
COMPARTILHE

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here