ESTA ESTÁTUA RUSSA LIGEIRAMENTE SINISTRA TEM MAIS DE 11 MIL ANOS!

Sicoob gif

Você deu uma boa olhada na estátua entalhada em madeira da imagem? Ela foi descoberta na Sibéria, Rússia, no finalzinho do século 19, em 1894, dentro de um pântano, e foi batizada com o nome de Grande Ídolo de Shigir. A figura, aliás, é enorme, medindo pouco menos de 5,5 metros de altura, e sobreviveu à passagem de milhares de anos por conta das condições das águas na qual ela permaneceu submersa — que serviram como uma cápsula do tempo.

Ídolo antigo

A estátua traz uma série de intrigantes marcações, padrões e hieróglifos espalhados por toda a sua superfície e, quando foi descoberta, logo se imaginou que se tratava de um artefato muito, muito antigo. A “idade” do ídolo só foi ser determinada em 1997, ou seja, mais de um século depois de ser descoberto, após alguns fragmentos de madeira serem submetidos à datação por radiocarbono — exame que estabeleceu que a peça tinha cerca de 9,5 mil anos.

No entanto, novas análises foram realizadas no ídolo revelaram que, na verdade, ele foi esculpido muito antes do que se pensava. A escultura misteriosa soma nada menos que 11,6 mil anos — o que significa que ela foi criada menos de um milênio depois da construção do templo mais antigo do planeta, Göbekli Tepe, que soma 12 mil anos e foi erguido no que hoje corresponde à Turquia.

Detalhes de madeira talhada(Lazer Horse)

O ídolo também tem o dobro da idade das pirâmides do Egito e é mais antigo do que Stonehenge, o famoso círculo de pedras que fica na Inglaterra — o que realmente é impressionante! Voltando à nova análise, desta vez, o artefato foi submetido a um exame conhecido como “espectrometria de massas com aceleradores” e, além de apontar que a estátua era mais antiga do que determinado anteriormente, o novo estudo revelou que ela tem uma face ligeiramente sinistra, diga-se de passagem.

Mistérios

As análises apontaram ainda que o ídolo foi talhado a partir do tronco de uma árvore conífera do gênero Larix que tinha pelo menos 157 anos de vida quando foi cortado. Com relação a quem teria criado a estátua, os povos que habitavam a região da Sibéria na qual o artefato foi encontrado eram coletores, caçadores e pescadores, mas a peça indica que eles não eram menos tecnologicamente avançados do que os povos que viviam na África durante a mesma época.

Ídolo russo(Siberian Times)

Já sobre os códigos e desenhos entalhados na superfície da estátua, times que avaliaram os desenhos identificaram hieróglifos e um tipo de padrão cuneiforme, mas, sem mais artefatos com os quais comparar, ninguém sabe o que as formas representam. No entanto, uma das teorias é que o corpo do ídolo pode trazer a história da criação do mundo por um homem antigo. Também pode ser que as formas não passem de simples adornos, mas que o objeto é intrigante, isso é! O que você acha?

Ídolo russo(Siberian Times)

***


 

Fonte: Mega Curioso

Comente esta postagem via Facebook
COMPARTILHE

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here