A escola estadual Frei Henrique de Coimbra do município de Cacaulândia, que atende alunos do ensino Fundamental e Médio, inaugurou neste mês o projeto rádio escola, batizado pelos alunos e coordenador como “Rádio Frei”.

A ideia do projeto é que toda a programação da rádio seja feita pelos alunos, sob a orientação dos professores, e com o conteúdo voltado para a grade curricular, envolvendo arte, cultura, matemática, literatura, português e outras ciências. De acordo com o Professor Mestre Edson Fernandes, professor de educação física  e idealizador do projeto, a rádio veio para suprir uma necessidade de ampliar as relações sociais e a troca de experiências no ambiente escolar.

A rádio Frei está funcionando nos intervalos de turno. São 30 minutos por dia com uma programação musical e didática. Segundo o orientador escolar Adair Aquino, 12 alunos passaram por uma capacitação técnica para colocar a emissora em funcionamento. “Durante 12 dias, os alunos que estão à frente da rádio escola, receberam treinamento para elaborar as pautas e operar os equipamentos”. Adair acrescentou ainda que na segunda etapa do projeto, será oportunizado para os alunos que tenham indisciplina em sala de aula e que tenham apresentado melhoras poderão participar da programação da rádio.

A aluna Tainara Costa disse que se sente muito bem em poder contribuir com a rádio escola, a aluna Ellen Lopes comentou que sua participação na rádio mostrou a ela a importância da comunicação na sociedade, já Vitória Emília relatou que se sente lisonjeada por participar da equipe da Rádio Frei.

Objetivos da Rádio
· Fazer do rádio um instrumento para a consolidação de escolas realmente cidadãs;
· Contribuir para a compreensão de que o rádio é um veículo de comunicação eficiente para tornar público o trabalho educacional efetivamente realizado em cada unidade escolar;
· Investir na formação de repórteres mirins (alunos do 1º ciclo do Ensino Fundamental) para que consigam comunicar em linguagem mais acessível assuntos ligados à cultura, saúde, educação e política.
· Evidenciar através dos programas produzidos e apresentados por alunos e professores a interdisciplinaridade inerente ao Projeto;
· Desenvolver habilidades e tendências comunicacionais dos participantes;
· Assessorar os profissionais envolvidos no projeto para que se utilizem do rádio como um instrumento eficaz de ensino;
· Reconhecer crianças e adolescentes como produtores de cultura, integrando-os aos meios de comunicação, em geral ocupados por adultos;
· Exercitar a comunicação oral, aperfeiçoando a objetividade e clareza de exposição do pensamento;
· Favorecer a convivência e trabalho em grupo, respeitando diferenças, níveis de conhecimento e ritmos de aprendizagem de cada integrante da equipe.


Fonte: Diariodaki

Comente esta postagem via Facebook
COMPARTILHE

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here