A avó de um estudante de 18 anos encontrou o corpo do neto perfurado com mais de 20 facas em uma residência, durante a noite da última segunda-feira (15), no Bairro Jardim das Esmeraldas em Guajará-Mirim (RO), município distante a aproximadamente 330 quilômetros de Porto Velho. Ninguém foi preso pelo crime até esta terça-feira (16).

De acordo com a Polícia Militar (PM), a avó do jovem encontrou o corpo caído no chão, já sem vida. A senhora de 54 anos relatou aos policiais que o neto morava com o pai e que todos os dias ia visitá-la, mas que no último domingo (14) não foi fazer a visita.

Preocupada com o neto, a mulher resolveu ir até a casa dele para ver o que tinha acontecido. Ao chegar no local, ela percebeu que o portão estava aberto e quando entrou no interior do imóvel achou o corpo e imediatamente ligou para a central de operações para denunciar o fato.

A Polícia Técnico Científica (Politec) foi acionada para fazer a perícia criminal no local. Os peritos constataram que o estudante levou mais de 20 facadas e que estava morto há pelo menos 24 horas. Após os trabalhos periciais o corpo foi levado para o necrotério do Hospital Regional Perpétuo Socorro e posteriormente liberado para a família.

Segundo a Polícia Civil, o homicídio está sendo investigado. Até o fechamento desta reportagem nenhum suspeito havia sido identificado ou preso.


Fonte: G1

Comente esta postagem via Facebook
COMPARTILHE

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here