Além de autorizar a nova fase da Operação Lava Jato, o STF (Supremo Tribunal Federal) determinou o afastamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG) do mandato de senador e do deputado Rocha Loures (PMDB-PR) do mandato de deputado federal.

Aécio foi eleito para o cargo em 2011 e tem mandato até o fim de 2018. 

O Supremo também autorizou a prisão preventiva da irmã do senador, a jornalista Andrea Neves. O mandado de prisão expedido pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF. A informação foi confirmada ao jornal O Estado de S. Paulo por uma fonte da investigação que motivou a operação policial desta sexta-feira (18).

Conforme apurou a reportagem, Andrea não foi localizada. A Polícia Federal vai acionar a Interpol, pois tem a informação de que a irmã de Aécio estaria em Londres. A assessoria do senador tucano não atendeu ao telefonema feito pela reportagem.


Fonte: R7

Comente esta postagem via Facebook
COMPARTILHE

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here